A escolha é da mulher!

O post de hoje é curtinho mas fala de um assunto muito importante. Na palestra de abertura do III Simpósio Internacional de Assistência ao Parto, o psicólogo Alexandre Coimbra Amaral abordou os temas que são a base do congresso este ano – informação, autonomia e consentimento – de uma forma muito bacana. “Permita-se parir novas definições desses conceitos”, ele disse.  

Como aliviar a dor do parto com recursos não farmacológicos?

Imagine a cena número 1: a gestante sente contrações bem fortes e longas a cada 3 ou 4 minutos. Está em trabalho de parto numa sala com muitas luzes frias, ar condicionado ligado, pessoas estranhas entrando e saindo do local. Ninguém permanece a seu lado; ela está sozinha tentando lidar com aquelas ondas que ficam cada vez mais intensas. Dizem para ela ficar deitada na maca e não gritar, sem dar explicações sobre o que está acontecendo. Agora a cena número 2:

Veja mais

Sobre a importância da preparação para o parto

Você tem um obstetra em quem confia e disse a ele que quer ter um parto normal. Ele falou com você sobre o parto? O que esperar em cada fase do trabalho de parto, a fisiologia do corpo da mulher, as intervenções e suas consequências? Se não abordou nenhum destes temas, fique de olho! A preparação é fundamental para a gestante conseguir o parto que deseja – principalmente no Brasil, onde o parto normal é minoria.

Uma história de parto e algumas reflexões

No ano passado acompanhei o parto de uma moça de 26 anos. Ela me acionou um dia antes de parir, com 39 semanas (não sabíamos, é claro, que o bebê nasceria no dia seguinte). Não tinha muita informação sobre parto humanizado, mas queria parir.

O mito do cordão enrolado

Quantas vezes você já ouviu ou leu a frase “teve que ser cesárea porque o cordão estava enrolado no pescoço”? Esse é um dos inúmeros mitos que levam a falsas indicações de nascimentos por via cirúrgica em nosso País – e infelizmente aparece com muita frequência. A circular de cordão é um achado fisiológico, ou seja, não há anormalidade nele – nem nada que impeça um parto normal.

Veja mais

Por mais bebês amamentados no peito

Você conhece os benefícios da amamentação? Neste post curtinho vou listar alguns: O colostro, líquido amarelado produzido pela mãe nos primeiros dias após o parto, é um alimento importantíssimo para o recém-nascido. Ele é altamente calórico e protege o bebê contra doenças.

Veja mais

Todas as mulheres merecem um parto respeitoso

Outro dia, ao explicar para uma vizinha do meu prédio e para sua personal trainer do que se tratava o trabalho da doula, ouvi o seguinte questionamento: mas este tipo de parto (humanizado) não é para mulheres mais “naturebas”, mais “hippies”?

Sobre obstetras, doulas e o “empoderamento” feminino

“Meu obstetra, infelizmente, não aceita o acompanhamento de doula.” Essa frase foi dita por uma gestante que me procurou, inicialmente, para ter mais informações sobre meus serviços e valores cobrados. Passados alguns dias após a primeira troca de e-mails, recebi a mensagem acima e fiquei muito triste. Não porque eu não iria acompanhá-la, mas porque ela teria que parir sozinha, e sozinha brigar com um sistema que é muito maior e mais forte que nós.

Veja mais