Doula é uma presença de amor, cuidado e segurança para que a mulher possa achar, dentro de si mesma, o que ela precisa para parir.

Doula, termo de origem grega que significa “mulher que serve”, é uma profissional treinada para fornecer suporte físico, emocional e informativo à mulher que deseja ter um parto natural. A doula não é técnica (isso cabe ao médico obstetra e/ou à enfermeira obstetra ou obstetriz) e seu foco é o bem-estar da parturiente.

A doula oferece à mulher e seu companheiro (ou companheira) informações sobre gestação e parto baseadas em evidências científicas, para que a gestante possa tomar suas próprias decisões. Durante o parto, proporciona conforto emocional e físico, ajudando a parturiente a lidar com as contrações, com recursos que vão de massagens, banhos e sugestões de posicionamento a um abraço ou olhar confiante. Esse suporte favorece uma experiência positiva de todo o processo de nascimento da nova família.

Estudos comprovam que a simples presença de uma “acompanhante de parto”, que oferece apoio contínuo à parturiente, contribui para reduzir a duração do trabalho de parto, os pedidos de analgesia peridural e o uso de ocitocina e de fórceps, além de reduzir o índice de cesarianas.