O clampeamento tardio do cordão umbilical

Você sabia que o corte (clampeamento) tardio do cordão umbilical propicia melhor estabilidade cardiorrespiratória ao recém-nascido? Os bebês fazem uma transição melhor para a respiração no mundo externo quando se espera o cordão parar de pulsar antes de cortá-lo.

Além disso, esperar apenas três minutos para cortar o cordão faz com que o bebê receba até 150 ml adicionais de sangue. Estudos mostram que bebês que tiveram o cordão umbilical clampeado tardiamente apresentaram menor incidência de anemia nos primeiros seis meses de vida.

As evidências mostram ainda que pode haver um aumento da incidência de icterícia em recém-nascidos quando se corta tardiamente o cordão; no entanto, trata-se de uma icterícia fisiológica e não patológica, não necessitando de tratamento.

Deixe um comentário